01
fev

Dicas para manter a varanda organizada

Móveis do ambiente devem ser pensados para abrigar também outros objetos da casa

Com os espaços cada vez mais reduzidos, falta lugar para acomodar tanta coisa. E a varanda, aquele espaço com alguns metros a mais livres, vem naturalmente se transformando em várias casas no famoso “quartinho da bagunça”: caixas encostadas, brinquedos amontoados, aquela esteira ergométrica desmontada e por aí vai.

Está nessa situação?

A gente ajuda!

Dependendo da utilização da varanda, vale muito fazer um móvel baixo, que sirva de apoio e, ao mesmo tempo, que tenha uns gavetões para guardar almofadas, brinquedos, objetos que ficam espalhados no dia a dia e que precisam ser guardados na hora de receber uma visita.

Outra tendência fortíssima é a chamada varanda gourmet, o espaço que serve para convívio, comer e tudo isso junto. Para estes casos, a designer tem uma dica: “um nicho ou móvel alto acima da cuba da pia, facilita a vida dos moradores e a dos convidados”. Outra ideia citada pela especialista é a de ter um banco que sirva de baú para guardar uma rede, por exemplo, ou objetos maiores.

Dicas rápidas de organização da sua varanda:

– Plantinhas, flores e vasinhos

Se os espaços forem reduzidos, pendure! Podem ser penduradas aleatoriamente na parede, no teto (em esquema de móbile) e até em uma placa de madeira fixada à parede, simulando um jardim vertical.

– Para ter seu espaço gourmet

É fundamental a pia, com um apoio para funcionar como bancada, banquinhos e mesa (que pode ser desmontável para otimizar os espaços depois do evento) e até as redes que servem como lugares extras para acomodar visitas e são guardadas facilmente quando todo mundo vai embora.

– Lugares extras

Como nem todo mundo se sente confortável nas redes, outras alternativas são os bancos, almofadas e futon que deixam a varanda super charmosa e bem mais alegre. Vale a aposta.